7. Aprender a incluir uma nota fiscal.

Como tela a inclusão é dividida por sessões, onde cada sessão tem uma aba, vou mostrar uma a uma para um bom entendimento. Vamos lá, a primeira parte é preencher os dados gerais, onde ser chama cabeçalho:

nfe_1

Nesta primeira parte, você deve informar se a nota é de entrada ou de saída. Lembrando se for saída e natureza estiver configurada para gerar título, o sistema irá fazer a integração.

Se a natureza estiver configurada para gerar estoque, se for entrada, o estoque aumenta, se for saída, o estoque diminui.

Seguindo, selecione a natureza, se for entrada o filtro busca as naturezas do tipo entrada, se for saída, busca do tipo saída.

Informe um vendedor, a pessoa responsável por realizar o processo.

Informe as datas de emissão e saída. Por padrão o sistema já carrega com as datas de hoje em ambos os campos.

Informe uma conta contábil, caso haja integração, esta conta já é configurada no título a receber.

Informe o centro de custo para classificar o lançamento no sistema.

Selecione um destinatário, podendo ser cliente ou fornecedor, com base na opção escolhida o filtro faz a seleção do cadastro desejado.

Vamos agora pular para a segunda parte, contendo as informações dos produtos:

nfe_2

Eu deixei a tela acima com dois itens carregados já, mas vou explicar como fiz isto. No campo produto, onde está vazio, você coloca o cursor do mouse ali, digita as iniciais do produto desejado e clica em ENTER que uma lista será consultada e exibida com base na sua requisição. É isto. Em seguida, informe uma quantidade e um preço unitário e clique para adicionar.

A lista será carregada abaixo, resumindo os produtos adicionados na nota, incluindo aí mesmo uma visão já dos impostos calculados automaticamente com base nas informações configuradas nos cadastros que falamos antes já sobre isto.

Pulado agora para a terceira parte referente ao resumo dos impostos de variações de valor que poderá ser adicionadas, segue modelo:

nfe_3

Os campos A – B – C acrescentam variação no valor da nota, portanto aumentam. O campo D obviamente, deduz.

Abaixo, os impostos calculados pelo sistema, por isto ficam não editáveis.

Partindo agora para a quarta etapa, onde tratamos as informações de transporte, segue exemplo:

nfe_4

Aqui você poderá informar a modalidade de frete, havendo frete, abaixo, selecione um transportador, oriundo do cadastro que falamos antes.

É possível também informar um veículo que fez ou fará o transporte.

E, por último, os volumes transportados. Podendo adicionar mais de um registro por nota.

Vamos agora à quinta parte que trata da programação de vencimentos, neste ponto, se aplicável conforme configurações do usuário, o sistema define as datas de recebimento que irão na forma de títulos a receber para a parte financeira via integração. Abaixo, modelo de como a tela funciona:

nfe_5

Note que o valor disponível está zerado, isto porque eu demonstrei já com uma programação realizada, por isto o valor programado retorna preenchido com o único título que vou integrar, é possível dividir também isto em quantas parcelas desejar.

As informações básicas são: informe o valor do recebimento, a sua data de vencimento, o seu mês e ano de competência.

Agora estamos na sexta etapa, a tela se resume a dois campos apenas:

nfe_6

São as informações complementares ou do Fisco ou do contribuinte. Preencher com texto, apenas no caso do contribuinte, o campo de baixo, o preenchimento é obrigatório.

Está é a sétima e última etapa, mas na prática, você não precisará mexer em nada, este campos já estão preenchidos e configurados, precisam constar na validação da nota e estão aí por isto. Apenas para exemplo segue:

nfe_7

Bem, é isto. Para a inclusão da nota no Tiban são estas as etapas que precisam ser feitas.

Agora, abaixo, resumidamente, veja a tela de consulta e alguns conceitos de como usar:

nfeconsulta

Vou explicar por colunas:

N: Apenas mostra o ID do registro no banco.

CHAVE: se clicar no ícone abre uma tela com a chave de acesso da nota, caso precise copiar, estará ali.

DESTINATÁRIO: quem recebeu a nota, ou um cliente ou um fornecedor. Note que ao final da descrição fica (C) ou (F), indicando o tipo.

TIPO: se a nota foi de entrada ou saída.

CFOP: código da natureza de operação da nota.

NÚMERO: Este número é importantíssimo, pois define a numeração sequencial das notas emitidas. Para incluir a sua primeira nota, haverá um campo obrigatório para informar este valor. Você coloca o número da sua última nota já emitida, que o sistema irá contar mais um a partir dele, em seguida. Este campo ficará vazio, isto significa que sempre que ele esteja VAZIO a sua contagem é automática considerando as notas aprovadas e canceladas, se você informa um valor de novo, ele reconta a sua seqüência, reiniciando como fizemos com a primeira nota. Lembrando, a SEFAZ não aceita repetir número, se isto ocorrer a nota não valida.

Quando a nota ainda não foi transmitida o número ainda não existe. Este número somente é gerado após autorização.

VALOR: valor da nota fiscal, inclui despesas e desconto.

XML/PDF: link de acesso, apenas disponíveis após autorização.

TRANSMITIR: clica aí para realizar transmissão.

USUÁRIO: quem foi o usuário que fez a emissão no sistema.

DATA/HORA: quando emitiu.

ESTOQUE: de acordo com as configurações que já estudamos antes, informa SIM se movimentou, NÃO, se não movimentou. Se a nota é oriunda de um processo externo, ou seja, não foi emitida diretamente pelo caminho que vimos do passo a passo de inclusão acima, ela poderá mostrar mais duas opções.

Pode ser do tipo EXP, esta sigla significa que a nota foi emitida a partir de uma expedição de vendas de produtos interligada ao processo comercial.

Pode ser do tipo APL, esta sigla significa que a nota foi emitida a partir de uma aplicação de produtos de estoque, interligada ao processo interno de controle e movimentação de produtos.

CANCELA: faz o cancelamento da nota. Se estiver transmitida.

EXCLUIR: faz a exclusão da nota. Se não estiver transmitida.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s